13 – Crash! Boom! Bang!

My Papa told me to stay out of trouble
“When you’ve found your man, make sure he’s for real!”
I’ve learned that nothing really lasts forever
I sleep with the scars
I wear that won’t heal, they won’t heal
‘Cos every time I seem to fall in love,
Crash! Boom! Bang!
I find the heart but then I hit the wall,
Crash! Boom! Bang!
That’s the call,
That’s the game
And the pain stays the same
I’m walking down this empty road to nowhere
I pass by the houses and blocks I once knew
My Mama told me not to mess with sorrow
But I always did,
And Lord, I still do,
I’m still breaking the rules
I kick it up, I kick it down
‘Cos every time I seem to fall in love,
Crash! Boom! Bang!
I find the heart but then I hit the wall,
Crash! Boom! Bang!
That’s my real middle-name,
It has always been the same
That’s the call,
That’s the game
And the pain stays the same
I still feel the heat,
Slowly fallin’ from the sky,
And the taste of the kissing
Shattered by rain,
Comin’ tumblin’ from behind,
And the wild holy war
I kick it up, I kick it down
And every time I seem to fall in love,
Crash! Boom! Bang!
I find the roses dying on the floor,
Crash! Boom! Bang!
That’s the call,
That’s the game
And the pain stays the same
That’s my real middle-name,
It has always been the same
Oh Yea Oh Yea Oh Yea Uh-huh
Been the same, been the same
It has always been the same

 

Crash! Boom! Bang!

Meu pai sempre me disse para ficar longe de confusões
“Quando você encontrar o seu homem, tenha certeza que é pra valer”
Eu aprendi que nada realmente dura para sempre
Eu dormi cheia de cicatrizes
Eu descobri que elas não vão cicatrizar, elas não cicatrizam
Pois parece que toda a vez que eu me apaixono,
Crash! Boom! Bang!
Eu encontro um coração mas então bato de encontro à parede
Crash! Boom! Bang!
Esté é o chamado,
Este é o jogo
E a dor continua a mesma
Estou caminhando por esta rua vazia que leva a lugar nenhum
Eu passo pelas casas e pelos quarteirões que conheci um dia
Minha mãe me disse para não brincar com a tristeza
Mas eu sempre brinquei,
E Meu Deus, eu ainda brinco
Ainda estou quebrando as regras
Para cima e para baixo
Pois parece que toda a vez que eu me apaixono,
Crash! Boom! Bang!
Eu encontro um coração mas então bato de encontro à parede
Crash! Boom! Bang!
Este é o meu verdadeiro segundo nome
Sempre tem sido assim
Esté é o chamado,
Este é o jogo
E a dor continua a mesma
Eu ainda sinto o calor
Caindo lentamente do céu
E o gosto dos beijos
Despedaçado pela chuva
Vindo demolido lá de trás
E pela selvagem guerra santa
Para cima e para baixo
E parece que toda a vez que eu me apaixono
Crash! Boom! Bang!
Eu encontro rosas morrendo no chão
Crash! Boom! Bang!
Esté é o chamado,
Este é o jogo
E a dor continua a mesma
Este é o meu verdadeiro segundo nome
Sempre tem sido assim
Oh Yea Oh Yea Oh Yea Uh-huh
Sempre foi assim, sempre assim
Sempre tem sido assim

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s