Banco de dados

Conceito

 

Saber o significado de um Banco de Dados, e que o SGBD é um sistema que o gerencia, não é o bastante, pois estamos falando de um grande volume de dados, ou seja, informações que precisam ser armazenadas, acessadas, atualizadas, por um indefinido espaço de tempo, dando aos seus usuários, agilidade e qualidade de resposta no cruzamento das informações.

 

Esse armazenamento e gerenciamento, surgiram para deixar de lado os primitivos sistemas de arquivos, que não conseguiam controlar os inúmeros processos e usuários, que faziam uso de seus pequenos recursos.

 

Atualmente, os bancos de dados não impõem limites de armazenamento, em alguns casos não necessita de muito hardware, nos proporcionam segurança e até tem capacidade de nos disponibilizar múltiplas visões dos dados.

 

Esses sistemas gerenciadores de arquivos, seja ele “free” (gratuito) ou não, ambos tem capacidade de nos trazer ferramentas necessárias para o gerenciamento de qualquer tipo de informações armazenadas, independente de sua representação ou modelo pelo qual as informações estão estruturadas.

 

O que é um Banco de Dados?

 

O termo Banco de Dados foi criado para indicar coleções organizadas de dados armazenados em computadores digitais; utilizando um conceito, Banco de Dados ou Bases de Dados, são conjuntos de dados integrados, com uma estrutura que organizam informações. Sendo essas informações utilizadas normalmente para um mesmo fim.

 

Um banco de dados é usualmente mantido e acessado por meio de um software conhecido como SGBD.

 

Estritamente falado, o termo Banco de Dados deve ser aplicado apenas aos dados, enquanto o termo Sistema Gerenciador de Bancos de Dados deve ser aplicado ao software com a capacidade de manipular bancos de dados de forma geral. Porém, é comum misturar os dois conceitos.

 

O que é um SGBD?

 

Um sistema Gerenciador de Banco de Dados ou, Sistema Gestor de Base de Dados (SGBD), é um conjunto de programas responsáveis pelo gerenciamento de uma base de dados. É um sistema extremamente complexo, responsável pela persistência, organização e recuperação dos dados.

 

Historicamente, o primeiro Sistema Gerenciador de Banco de Dados comercial surgiu no final de 1960 com base nos primitivos sistemas de arquivos disponíveis na época, os quais não controlavam o acesso concorrente por vários usuários ou processos.

Os SGBD’s evoluíram desses sistemas de arquivos de armazenamento em disco, criando novas estruturas de dados com o objetivo de armazenar informações.

 

Com o tempo, os SGBD’s, passaram a utilizar diferentes formas de representação, ou modelos de dados, para descrever a estrutura das informações contidas em seus bancos de dados.

 

Arquitetura para Sistemas de Banco de Dados – Conceitos básicos

 

Dados um fenômeno qualquer desprovido de um significado, no momento em que o dado é contextualizado em um determinado nível de abstração passa a ser identificado como uma Informação (Borges, Alessandro dos Santos; 2006).

 

Os dados são quaisquer registros ou indícios relacionáveis a alguma entidade ou evento.

 

Por exemplo, um documento de identificação pode conter vários dados de uma pessoa como nome, sexo, data de nascimento, etc. Outros exemplos de dados são a temperatura de uma cidade, ou a área de um território. Ainda que estes pareçam, por vezes, isolados, podem sempre englobar-se em conjuntos (as temperaturas das cidades de uma província ou país, ou as áreas de um conjunto de territórios) ou séries (as temperaturas de uma cidade ao longo do tempo).

 

Os sistemas computacionais trabalham basicamente com dados – a sua função é o processamento de dados.

 

Elemento de Dado:

 

Subconjunto de símbolos que compõem um dado com significado específico, mas não representa a informação completa.

 

No exemplo:

O número de alunos matriculados na disciplina mate01 no primeiro semestre / 97 é 57.

 

Quais são os elementos de dados?

Disciplina: mate01

Período: primeiro semestre /97

Matriculados : 57

 

l      Observe que através do campo Código, que no caso é um campo chave primária ou identificador, conseguimos relacionar as duas tabelas e obter informações mais detalhadas sobre o registro que gostaríamos de consultar.

 

 

 

 

Tipos de Atributos das Tabelas

 

l      Cada SGDB possui sua particularidade, porém basicamente existem tipos de campos (atributos) padrões.

l      Texto, Numérico Inteiro, Numérico Real, Lógico (Sim ou Não), entre outros.

l      Pode-se também determinar o quanto de dados cada atributo poderá armazenar.

Por exemplo o número de caracteres que o campo (atributo) nome do tipo texto irá armazenar.

 

Diagrama de Entidade Relacionamento

 

l      Diagrama entidade relacionamento é um modelo diagramático que descreve o modelo de dados de um sistema com alto nível de abstração. Ele é a principal representação do Modelo de Entidades e Relacionamentos. Sua maior aplicação é para visualizar o relacionamento entre tabelas de uma banco de dados, no qual as relações são construídas através da associação de um ou mais atributos destas tabelas.

l      MER: Conjunto de conceitos e elementos de modelagem que o projetista de banco de dados precisa conhecer.

l      DER: Resultado do processo de modelagem executado pelo projetista de dados que conhece o MER.

 

Tipos de Relacionanento

 

l      Os tipos de relações utilizadas neste diagrama são:

 

l      Relação 1..1 (lê-se relação um para um) – indica que as tabelas têm relação unívoca entre si. Você escolhe qual tabela vai receber a chave estrangeira;

l      Relação 1..n (lê-se um para muitos) – a chave primária da tabela que tem o lado 1 vai para a tabela do lado N. No lado N ela é chamada de chave estrangeira;

l      Relação n..n (lê-se muitos para muitos) – quando tabelas têm entre si relação n..m, é necessário criar uma nova tabela com as chaves primárias das tabelas envolvidas, ficando assim uma chave composta, ou seja, formada por diversos campos-chave de outras tabelas. A relação então se reduz para uma relação 1..n, sendo que o lado n ficará com a nova tabela criada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s