Brasil é segundo país com maior número de computadores “zumbis”, aponta Microsoft

Um relatório da Microsoft revelou que o Brasil ocupa a segunda colocação no ranking de países com maior número de computadores zumbis – rede de máquinas infectadas que podem ser utilizadas remotamente por hackers. As informações são da “BBC”.

O país possui 550 mil computadores usados pelas botnets ou “redes zumbis”. A primeira colocação fica com os Estados Unidos, com 2,2 milhões de máquinas infectadas.

A pesquisa da Microsoft tem como objetivo alertar pessoas sobre o crescimento e perigo dessas redes maliciosas.

“A maioria das pessoas tem ideia do que é um vírus e como ele aparece. Mas são poucas as que conhecem as redes botnets”, explica Cliff Evans, chefe de segurança e identidade da Microsoft no Reino Unido.

Como funciona a rede zumbi

Uma rede botnet é formada após vírus infectarem computadores, seja por meio de spams ou páginas de internet contaminadas. O vírus instala no Windows um programa que permite o controle do computador remotamente, sem que o usuário perceba o golpe.

“Uma vez que estão no controle do computador, os donos das redes zumbis podem inserir qualquer código malicioso nele”, diz Evans.

Cibercriminosos utilizam as redes zumbis para enviar spam, phishing (golpe que utiliza e-mails com links para roubar senhas) e para atacar sites.

Donos dessas redes também as utilizam para roubar dados contidos nas máquinas infectadas e vendê-los em sites de leilão e no “mercado negro” online.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s